Lideranças do norte de Minas se unem em prol do asfaltamento das interligações de terra

O norte de Minas, especialmente o Alto Rio Pardo, ainda convive com interligações de terra entre várias cidades da região, sendo uma das últimas áreas da região Sudeste onde esse atraso ainda existe.

Há 50 anos que governadores, senadores, deputados federais e estaduais prometem asfalto e barragens a cada eleição. São eleitos, tomam posse de seus cargos e só se lembram da região nas vésperas da eleição seguinte.

Cansadas de tanta demora, as lideranças empresariais da região organizaram um movimento em prol do asfaltamento dessas estradas vicinais.

Como primeiro passo,buscaram o apoio de Sérgio Americano Mendes, candidato a deputado estadual pelo Partido Novo, que possui fortes raízes familiares nas cidades de Rio Pardo de Minas, São João do Paraíso, Salinas e Taiobeiras.

Com esse apoio, conseguiram, em poucos dias, agenda para apresentar suas reivindicações diretamente ao governador Zema em sua recente visita a Taiobeiras.

Naquela ocasião, Sérgio de Freitas Barbosa, vice-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Rio Pardo, leu o manifesto das lideranças e em seguida o empresário Sérgio Americano Mendes fez um eloquente discurso, mostrando ao atento governador a dívida histórica do Governo de Minas com o norte do Estado.

Sérgio Americano Mendes, que irá participar ativamente do movimento, informou que vai procurar os políticos votados na região. “Temos um problema que precisa ser resolvido.É hora da união de todas as forças políticas, de todos os deputados votados na região, para conseguir do governo Zema o asfaltamento dessas estradas e outras obras de infraestrutura que permitam, finalmente, que nossa região avance na geração de empregos e renda”, frisou.

O movimento, suprapartidário, tem a participação ativa de muitas lideranças empresariais, como os presidentes das Associações Comerciais de Rio Pardo de Minas,Bruno Antônio Marques Soares, e de Taiobeiras, Carlito Arruda, e o vice-presidente da CDL de Rio Pardo de Minas,Sérgio de Freitas Barbosa.

Conta também com lideranças políticas, entre as quais o prefeito e o vice-prefeito de Rio Pardo de Minas, Marcus Vinicius Almeida Ramose Tácito de Freitas Costa Júnior, respectivamente, e os prefeitos de Santo Antônio do Retiro,Ailson Fabiano Ribeiro;de Montezuma,Fabiano Costa Soares; de Vargem Grande do Rio Pardo,Virgílio Tácito Penalva Costa;de Taiobeiras,Danilo Mendes Rodrigues;de São João do Paraíso,Mônica Cristine Mendes Souza;de Curral de Dentro,Sebastião Alves dos Santos; de Indaiabira,José Sivirino da Silva;de Fruta de Leite,Marclenio Ferraz da Rocha; e de Mato Verde,Oscar Lisandro Teixeira.

Além destes, o movimento tem ainda a participação de lideranças e empresários como Adailton Mendes Rodrigues, Adeydson Dener Viana, Arnaldo Silveira, Bruno Rafael Silva de Souza, Cássio Rosivaldo Pereira, Claudionor Severino da Silva, Djalma Bastos dos Santos, Edenilson Souza Nascimento, Elizânia de Freitas Lima, Felicíssimo Tiago dos Santos, Fernando Martins Oliveira, Geraldo Bastos dos Santos Júnior, Geraldo Cantídio de Freitas, Isabel Alves Pereira, João Claudio de Freitas, Jobson Dutra Campos, Josimar Antunes da Silva, Josimar José Soares, Judite Luiza Silva Ribas, Klésia Borges Barbosa, Luzia Vanilda Lemos de Freitas, Nivaldo Viana Costa, Sérgio Marques Lima, Sinésio Sousa Lima e Tiago Leão Pereira.

A próxima etapa, em andamento, será levantar junto aos órgãos estaduais a situação atual dos projetos, das licitações e da documentação de todos os trechos de interligação de terra que somam cerca de 200 km de extensão.

É aguardar para ver se o governo Zema vai conseguir pagar essa dívida com a região...