Justiça manda citar todos os 17 envolvidos em Ação Popular contra o Prefeito de Berizal

Após apreciação e manifestação favorável do Ministério Público (MP), juíza da comarca de Taiobeiras pede a citação de todos os 17 nomes arrolados em Ação Popular que tramita no fórum dessa comarca desde setembro de 2018.

A denúncia acusa o prefeito municipal, João Carlos Lucas Lopes, de manter servidores fantasmas ligados a sua família no quadro de funcionários da prefeitura de Berizal. Além desta, recai sobre o prefeito a responsabilidade de contratos fraudulentos com uma cooperativa para aluguel de veículos e com empresa de engenharia para reforma de ponte na zona rural deste município.

Além das denúncias no MP, João Carlos também é investigado pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) por apropriação indébita de mais de 1,3 milhão de reais do IPREMBE (Instituto de Previdência do Município de Berizal).

Se todos condenados, será a desarticulação de uma das maiores associações criminosas já vistas na região.